E aí, lutadores?!! Tudo bem? Como estão os treinos?
Por aqui, venho hoje, mais uma vez pra falar sobre alimentação e como ajudar nos treinos. Vamos lá?

Muito provavelmente você já leu ou escutou que “você é o que você come”. Nascidos no Brasil, temos desde pequenos o costume de basear a nossa alimentação na dupla infalível da culinária brasileira: o arroz e feijão. Bem temperado, dizem até que apenas eles bastam em um prato. Mas será que pra nós, jiu jiteiros -grande parte da equipe em alta performance- só arroz, feijão e carne bastam?

Um grande erro que cometemos é pautar a nossa alimentação pelo sabor delas. Como a indústria quer vender mais e não tá nem um pouco preocupada com a nossa saúde, eles investem pesado em aditivos que deixam a comida mais saborosa, porém altamente nociva pra qualquer ser humano. E por isso temos hoje as maiores taxas de obesidade, pressão alta e doenças ligadas à alimentação. Como dito anteriormente: você é o que você come!

Apesar do arroz e feijão serem comidas “de verdade” e altamente nutritivas, eles servem bem pra um ser humano comum, que trabalha e vai pra casa. Nós, atletas -de alta performance ou não – precisamos de um pouco mais de “gasolina”, ou seja, mais nutrientes pra aguentar a pressão de uma passagem, a explosão pra subir em uma raspagem e até mesmo pra recuperar melhor de um treino pra outro, e por isso, precisamos de uma alimentação mais rica sem ter a necessidade de deixá-la menos saborosa.

Hoje venho deixar aqui 5 alimentos que não podem faltar na alimentação do lutador, pois irão fornecer nutrientes fundamentais para um excelente desempenho físico e uma melhor recuperação pós-treino.

Vamos lá:

1 – Inhame: Fonte de carboidrato, vai atuar na geração e manutenção de energia, através da glicose e para uma boa recuperação muscular, reduzindo lesões musculares e prevenindo perda de massa magra.

.

.

.
.

2- Ovo: Conhecido por ser o segundo alimento mais completo para o consumo humano, perdendo apenas para o leite materno. É uma excelente fonte de proteínas, essencial para aumento da força muscular e para manutenção de massa muscular, além de conter na gema vitaminas e minerais importante para o metabolismo energético, contribuindo para maior disposição física e melhor rendimento nos treinos e na competição.
.
.
.
.

3 – Abacate: Uma fruta bem versátil, que pode ser consumida em preparações doces ou salgadas, o abacate possui alto teor de gorduras boas, sendo uma interessante fonte energética para treinos de longa duração e mais aeróbicos. Também tem um papel importante na prevenção de dores articulares e musculares, além de prevenir lesões.
.
.
.
.
.

4 – Limão: Excelente fonte de vitamina C, vai dar um “up” no sistema imunológico, reduzindo as chances de você ficar doente, ajuda na recuperação pós-treino também, te deixando pronto para o próximo treino ou para a próxima luta.
.
.
.
.
.
.
.

5 – Beterraba: Fonte de nitrato, o consumo de seu suco está associado à vasodilatação, melhorando a circulação sanguínea, e aumentando a performance durante o exercício físico, aumentando também o rendimento e a disposição física.
.
.
.
.
.
.
.

Agora, sabendo que nem precisamos gastar muito com a alimentação, sai do celular e corre lá no sacolão e insira esses alimentos na sua dieta semanal. Fiquem ligados, porque teremos mais conteúdo informativo sobre a Nutrição para vocês, praticantes de artes marciais.

Um beijo da Nutri! :*

Comente essa publicação:

Write a comment:

*

Your email address will not be published.

Logo_footer   
     2016 - Grappling Fight Team

Redes socias: