Oi , tudo bom?
Faz um tempo da última postagem, nê? Espero que tenha lido os conteúdos dos profissionais que tem postado aqui no Blog, pois a nossa ideia principal é justamente trazer conhecimentos de áreas que fazem parte da sua vida de atleta e/ou professor.

Hoje trago um assunto que muito me perguntam: “Qual intensidade se deve treinar na semana da Competição?”
Quando sentamos para montar a planilha de treino do atleta escolhemos as principais competições e as competições de segunda ou terceira importância. Lembrando que a minha resposta vai ser em cima da competição principal. Para competições de segunda e terceira importância segue o que se tem planejado na planilha. (Podemos conversar sobre isso em outra oportunidade, se for do seu interesse comente neste post).

É bem comum vermos atletas treinando forte na semana da competição … e em alguns casos já vi atletas treinando mais forte na semana da competição do que nas anteriores. Isso pode acabar gerando lesões desnecessárias e/ou fazer o atleta chegar no dia da competição cheio de “inflamações” que não deveriam estar ali, diminuindo seu potencial fisiológico.
Precisamos entender que a semana da competição não é milagrosa. Não vai ser ela a determinante para o ganho de condicionamento, mas ela pode ser determinante para a perda dele ou para o aparecimento de uma lesão indesejada.
O ganho de condicionamento não se resume a semana da competição e sim ao planejamento de toda a temporada proposta. Deve –se pensar no treinamento como um todo desde o inicio da temporada até o dia da competição principal. Dentro deste período já se estará determinado quando se treinará forte, quando se treinará leve e até quando não se treinará. Somando-se as cargas treinadas nesse período leva-se o corpo para uma “DIREÇÃO FISIOLÓGICA” pretendida. E isso é o ganho do condicionamento.

No geral a semana da competição é para a manutenção (do condicionamento alcançado), restauração das estruturas (articulação, musculo e células desgastadas pelo treino) e perda de peso. Neste último caso (perda de peso) já será um desgaste para o organismo do atleta muito grande e por isso o treino não deve ser algo muito forte, pois muitos atletas quase não se alimentam (aí neste caso fiquem atentos ao que a Nutricionista Rafaela vai estar partilhando por aqui conosco) e isso já deixa ele bem debilitado.

Então respondendo diretamente a pergunta: Na semana da competição deve-se treinar com menor volume e menor intensidade que o maior pico desta temporada.
Acredito que esse assunto seja muito interessante , pois faz parte de nossa realidade direta. Quer mais postagem sobre esse tema? Poderíamos falar sobre planejamento (planilhamento) , o que acha?
Até a próxima! OSS

Comente essa publicação:

Write a comment:

*

Your email address will not be published.

Logo_footer   
     2016 - Grappling Fight Team

Redes socias: